Informações educativas

CROATÁ


Croatá é um município brasileiro do estado do Ceará. Sua população atual, de acordo com IBGE é de 17069 habitantes.
 
Informativo Croatá - Ações do Prefeito Antônio Onofre - (2013-2014)


Praça José Maria Melo - Em frente ao Croatá


Atualização em 30/09/2014
Prefeitos: Antônio Onofre (2013-2016)                                  Aurineide Pontes (2005-2008/2009-2012)

Prefeito: Antônio Felinto Filho
Vice: Enedina Campos

Secretários

Educação:  
FRANCISCO LEUNAM GOMES Nomeação de janeiro de 2013 a 24/06/2014
ELAYNE SAMYA TORQUATO MOTA Nomeada em 24/06/2014

Infraestrutura - DOMINGOS RAMOS FELINTO
Saúde -  CLAUDIOMIRO OLIVEIRA HOLANDA
Cultura - HORLANDO PEREIRA LIMA
Turismo - MARCIA MAGALHAES FELINTO
Ação Social - FABIO RIBEIRO DA SILVA transição da Chefia de Gabinete em agosto de 2014
Chefe de Gabinete - 
Planejamento e Administração - FRANCISCO EDMILSON DA SILVA
Agricultura e Meio Ambiente - LUIS UCHOA PINHO


Câmara de Vereadores
2013 - Presidente: EUNICE MAGALHAES FELINTO
2014 - Presidente:  LIBANEA MARQUES OLIVEIRA DE SOUSA

Vereadores - posse em 2013
ANTONIO RIBEIRO DE SOUSA - Edilson Feliciano - PRB
JEFERSON PAIVA DO NASCIMENTO - PMDB
JOSE ANTONIO RODRIGUES DE ARAGÃO FILHO - PTB
EUNICE MAGALHAES FELINTO - PMDB
ERIVAN BEZERRA DA MATA  - PSB
ROGERIO ALVES DE OLIVEIRA - PMDB
MARIA RIBEIRO DA COSTA - PSDB
MARIA ZIUCLEIDE NOBRE  - PSB
MAURIENE FRANCISCO OTAVIANO - PMDB
VALDEMIR ALVES DE SOUSA - PMDB
LIBANEA MARQUES OLIVEIRA DE SOUSA - PMDB


História
As terras da serra dos Cocos, localizado no lado sul da Chapada da Ibiapaba na divisa com as terras do Sertão de Cratéus, era habitadas por nações indígenas como os Tupi (Tabajara, Tupinambá) e Tapuia (Calabaça, Carariju, Kariri, Inhamun, Karati, Jaburu, Javanbé).
Flor de Croatá

A região de Croatá foi inicialmente habitada pela família "Tomaz". Os Tomazes, como são conhecidos na região.
No ano de 1896, Tomaz Ribeiro Leite com seus filhos e genros, se estabeleceram nas terras devolutas então pertencentes ao Coronel Clínio de Oliveira Memória, rico comerciante e residente em Campo Grande, hoje Guaraciaba do Norte.
As margens do rio macambira, hoje rio inhunçu, então pertencentes ao Coronel Clínio de Oliveira Memória, rico comerciante e residente em Campo Grande, hoje Guaraciaba do Norte.

No mesmo, acima mencionado, Tomaz e seu genro, solicitaram o Coronel Clínio o terreno onde fosse edificada uma ermida ( casa de oração), na fazenda Croatá. A idéia foi muito bem aceita pelo Coronel. Ele mesmo escolheu o Orago e doou 100 braças de terras para o patrimônio.
Ao redor da primitiva Capela de Nossa Senhora das Dores, desenvolveu-se o atual centro urbano, que se emancipou do Inhussu.
Formação Administrativa:
A Elevação do povoado a categoria de vila ocorreu segundo a lei n° 2.677, de agosto de 1929 e a de município conforme lei n° 8.339, de 14 de dezembro de 1965, antes de serem instalado e restaurado na forma da lei n° 11.430, de 28 de abril de 1988.
Prefeitura Municipal de Croatá
História Religiosa:
A história religiosa desta localidade iniciou com a construção de uma capelinha em honra a Nossa Senhora das Dores.
Em 24 de janeiro de 1978, Dom Timóteo Francisco Nemésio Cordeiro, 1° Bispo da Diocese, cria o Curato de Nossa Senhora das Dores. Anos depois, em 20 de fevereiro de 1985, Croatá é elevada a categoria de paróquia.
Câmara Municipal de Croatá
Origem Toponímica:
Croatá é vocábulo indígena que designa uma planta silvestre da família das bromélias, também chamada de gravatá, coroatá, coroá, crauá, croá, caroá.

Geografia
Coordenadas Geográficas

Municípios Limítrofes
Latitude
Longitude
Localização
Norte
Sul
Leste
Oeste
4º 24' 00"
40º 54' 38"
Oeste
Guaraciaba do
Norte
Ipueiras
Ipueiras, Ipu,
Guaraciaba do
Norte

Guaraciaba do
Norte,
Estado do Piauí










Igreja Matriz de Croatá

Clima

Tropical quente semi-árido com pluviometria média de 610 mm com chuvas concentradas de janeiro à abril.
Barragem do Distrito de Barra do Sotero
Hidrografia e recursos hídricos
As principais fontes de água fazem parte da bacia do rio Parnaíba, sendo elas,  rio Inhussu, os riachos Cana Brava, Canindé Grande, Cruz, Macambira e São Roque e outros tantos. Existem ainda açudes de grande porte, mas destaca-se a Logoas das Mercês.
Barragem do Distrito de São Roque

Componentes Ambientais
Relevo
Solos
Vegetação
Bacia Hidrográfica
Planalto da Ibiapaba
Solos Litólicos e Podzólico Vermelho-Amarelo
Carrasco e Floresta  Subperenifólia
Tropical Pluvio-Nebular

Acaraú,
Parnaíba




Relevo e solo
O município de Croatá está situado na Cuesta de Ibiapaba e seu relevo apresenta um leve declínio para o lado do estado do Piauí. As principais elevações possuem altitudes com até 800 metros acima do nível do mar, atingindo o ápice no Morro do Pico.
Barra do Sotero, Croatá

Vegetação
A vegetação da região de croatá faz parte da flora da Chapada da Ibiapaba, com predominância da uma vegetação arbustiva densa, de caules finos (carrasco). No leste do de Croatá encontra-se a mata úmida, serrana (floresta subperenifólia tropical plúvio-nebular).

Subdivisão
O município é dividido em oito distritos: Croatá (sede), Barra do Sotero, Betânia, Santa Tereza, Repartição, Lagoa da Cruz, Vista Alegre e São Roque.

Medidas Territoriais
Altitude: 520 m
Área (km2): 700,38 
Distância da capital: 283 km


Aspectos socioeconômicos

A maior concentração populacional encontra-se na zona rural. A sede do município dispõe de abastecimento de água, fornecimento de energia elétrica, serviço telefônico, agência de correios e telégrafos, serviço bancário, hospitais, hotéis e ensino de 1° e 2° graus.

 EEB DOM TIMÓTEO, a maior escola de Croatá, com mais de 15 salas de aula e  mais de 1000 alunos
A partir de Fortaleza o acesso ao município, pode ser feito por via terrestre através da rodovia Fortaleza/Tianguá BR 222, seguindo depois estrada estadual (CE-187) que passa Ubajara, Ibiapina, São Benedito e Guaraciaba do Norte. As demais vilas, lugarejos, sítios e fazendas são assecíveis (com franco acesso durante todo o ano) através de estradas estaduais, asfaltadas ou carroçáveis.

A economia local é baseada na agricultura (banana, cana-de-açúcar, mandioca, feijão, Hortaliças, Cajucultura); na pecuária (bovinos, suínos e avícola.

Cultura

Os principais eventos culturais são: Hortaliças, Cajucultura, mandioca

§  Dia do Município (3 de maio)

§  Dia da Padroeira Nossa Senhora das Dores (15 de setembro)



Hortaliças, Cajucultura, Mandioca


Quem quiser acessar o perfil municipal de Croatá pelo IPECE, basta clicar em:



UM POUCO DA HISTÓRIA DA ESCOLA DOM TIMÓTEO
HISTÓRIA DA ESCOLA

A Escola de Educação Básica Dom Timóteo, pertence à rede municipal de ensino criada pelo decreto n° 054/91, situada na rua Manoel Braga n° 769, bairro Caroba, no município de Croatá, o mais novo município da Serra da Ibiapaba. A referida Instituição foi fundada e construída em 1992 em decorrência do crescimento populacional e uma maior demanda de crianças em idade escolar, pelo Sr. José Antônio Rodrigues de Aragão, prefeito na época e inaugurada no dia 11 de Março de 1993 na gestão do Sr. Prefeito Antônio Soares Bernardo e do ex-governador Cyro Ferreira Gomes que esteve presente no evento acompanhado do ex-prefeito José Antônio.

Foi intitulada Escola de 1° Grau Dom Timóteo, com 08 salas de aula, secretaria, sala dos professores, sala da direção, cantina, depósito, pátio e banheiros masculinos e femininos, para atender inicialmente uma clientela de 400 alunos nos turnos manhã e tarde, estendendo seu funcionamento para o turno noturno em 1997. Em 1996 passou a ser denominada  Escola de 1° e 2° Grau Dom Timóteo, acontecendo também a implantação do programa telensino para o ensino fundamental com todas as salas de aula equipadas com TV e vídeo cassete, um grande avanço para a época.

No ano 1997 passou a ser denominada Escola de Educação Básica Dom Timóteo através da Lei Municipal n° 114/1997 se adequando à Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional – LDB. De 1998 a 2000 a referida escola ofertou o curso de Formação de Professores no Nível Médio, Modalidade Normal, reconhecida pelo parecer 034/98. Ainda em 1998 foi implantado o laboratório de informática com 21 computadores, com instrutor atendendo todas as salas de aula e oferecendo curso para todos os alunos e a toda comunidade croataense, sede e distritos, hoje com computadores mais modernos e acesso a internet. No mesmo ano a escola sediou o curso de Pedagogia em Regime Especial, ofertado pela Universidade Estadual Vale do Acarau – UVA, a 50 professores da rede pública municipal. Ainda continua acolhendo os cursos que hoje somam cinco turmas de Geografia e História e uma de Química e Biologia.
A escola de Educação Básica Dom Timóteo passou por reformas nos anos de 1999 e 2004, ficando com 14 salas de aula e uma quadra poliesportiva inacabada com projeto para ser concluída em 2012. Atualmente a Escola passa por outra reforma em fase de conclusão com mais três salas de aula, totalizando dezessete salas, uma cantina com refeitório, uma sala multifuncional com banheiro e dois depósitos, mantendo o mesmo padrão inicial. A instituição dispõe de boa infraestrutura de funcionamento em um espaço amplo e arborizado que a torna arejada, um ambiente agradável de conviver. Por ser a maior escola do município e dispor de espaço suficiente e alguns recursos tecnológicos, recebe e acolhe todos os professores da rede municipal em dias de planejamento, formações e outros eventos educacionais.
O nome de referida escola foi dado em homenagem ao primeiro bispo da Diocese de Tianguá que fora o mesmo que criou a Paróquia de Croatá. A escolha do nome partiu do prefeito da época, Zé Antônio. Francisco Timóteo Nemésio Pereira Cordeiro, conhecido por Frei Timóteo ou Dom Timóteo nasceu em Canindé aos 20 de março de 1928 e ordenou-se padre no Seminário da Prainha, em Fortaleza. Foi nomeado bispo em 30 de Abril de 1971. Era neto do latifundiário cearense Lindolfo de Lima Pereira e primo do historiador cearense Gustavo Braga. Faleceu em 20 de março de 1990, no dia em que completava 62 anos de idade.
            A instituição Escolar teve como primeira diretora a professora Maria Alcione Fernandes. Professores que deram início ao ano letivo e que se eternizaram na memória dos primeiros alunos foram:
João Anastácio dos Santos(Janjão)
João Bezerra de Sousa
Antônio Luis Sampaio
Zilvanir Ribeiro Nobre
Gracília Nobre
Maria dos Prazeres Holanda
Antônia Monteiro de Assis
Marleuza de Paula Barros
Maria da Conceição Lima
Cláudio Roberto Nobre
José Antônio Rodrigues de Aragão Filho
Mirian Araujo de Oliveira

Passaram pela direção da escola:
Aurineide Bezerra de Sousa Pontes
Ana Tereza Rodrigues Barbosa
Valdemar Ferreira de Almeida
Vanda Farias Lima
José Antônio de Aragão Filho
Maria Lucilene Veras Farias
Arlindo Rivelino Gomes de Macedo
Núbia Maria Bezerra
Maria Assunção Ribeiro
Maria da Penha do Vale Oliveira
Márcia Luzanira Maciel Lima

            

INDICADORES EDUCACIONAIS
Se você quiser conhecer a matrícula de 2010, de toda a Educação Básica, clique em:

Indicadores de Croatá (IDEB e Spaece) das Escolas Municipais, do 5° e 9° Ano

Última pontuação da Prova Brasil do 9° Ano:

Taxa de analfabetismo de Croatá no Censo de 2010: 35,53%

 HISTÓRIA DE CROATÁ


clique em: 


LEIS DE CROATÁ

Nesta página, o Prof. Bebel disponibilizará para os professores,Leis e projetos de Croatá, na área da Educação.

Para baixar os arquivos, baixe-os com o navegador mozila firefox. O navegador do google não presta para baixar.

1. Plano de Cargos e Carreiras de Croatá: clique  no link abaixo:Plano de Cargos e Carreira do Magistério de Croatá









11. Lei Federal: Bibliotecas Escolares: Lei 12.244/2010 das bibliotecas nas escolas 
12. Lei Federal ECA no currículo: Lei 11.525/2007 - ECA no currículo
13. Lei Federal no currículo sobre história e cultura afro e indígena: Lei 11.645/2008  
14. Lei Federal históriia e cultura afro-brasileira: Lei 10.639/2003
15. Lei Federal Educação Ambiental nas escolas: Lei 9.795/99

16. Portaria da Prefeita que nomeia o Conselho do FUNDEB de Croatá em 2012:





REGIONALIDADES DE CROATÁ E REGIÃO

 
Festejos de Vila Holanda