quarta-feira, 12 de setembro de 2018

Fogos em Croatá, Parte 14 - Entrevista com Claudiomiro, prefeito em exercício a partir desta quinta

Como todos sabem, em Croatá poderá acontecer novas eleições. Poderá, porque ainda cabe recursos, já que o recurso especial contra decisão do TRE sequer chegou a Brasília. O que não foi conhecido foi o pedido para Thomaz continuar no cargo enquanto se julga o recurso.

Pois bem, o Presidente da Câmara Vereador Claudiomiro, concedeu uma entrevista nesta quarta (12) na FM Serra Grande e disse que já foi notificado pelo TRE e que irá assumir a prefeitura nesta quinta. 

Assumirá a presidência da Câmara o Vice-Presidente Edilson Feliciano e com a saída de Claudiomiro, o vereador Jeferson do Zé Brás assume a cadeira de vereador. O Grupo Vagalume sai assim fortalecido para que haja uma nova eleição, se for o caso. 

Claudiomiro afirmou que manterá a administração funcionando normalmente, não promoverá mudanças e tranquilizou os funcionários, disse inclusive que irá nas secretarias transmitir esta harmonia.

Quanto a seu posicionamento político, afirmou que está com o grupo José Antônio saiu do grupo 15 porque não teve uns compromissos cumpridos, manteve sua disposição em apoiar o grupo vagalume para eleger o candidato a prefeito e disse sentir-se bem com esta posição. 

Claudiomiro disse que nunca viu o hospital tão bem cuidado como vê agora, com condições, medicamentos, enfim, sente-se confortável com a administração de Thomaz Aragão, porque ele como enfermeiro, ver agora a saúde ser bem tratada e antes, faltava até o básico no hospital.

Em tempo: Um ávido frequentador da Toca do Vagalume confidenciou ao blog, que o vice-prefeito e Líder José Antônio fez uma reunião com todos nesta última sexta-feira (7) e mostrou-se absolutamente confiante numa nova eleição. Disse que o que o preocupa não é a nova eleição porque o povo já viu a competência do grupo em melhores serviços a população,  o que o preocupa é a inelegibilidade por 8 anos, daí o motivo pelo qual irá com recursos nos tribunais até o fim.

Escute a entrevista clicando aqui.


Nenhum comentário: