segunda-feira, 2 de maio de 2016

Concurso de Croatá: Consulpam libera respostas aos recursos

A Empresa Consulpam divulgou na tarde desta segunda-feira (02/05) as respostas dos recursos contra questões das provas, que estava previsto inicialmente para o dia 29 de abril. Eles anularam pouquíssimas questões, mesmo muitas pessoas recorrendo.

Aos olhos deste Pedagogo questões visivelmente inconsistentes eles consideraram corretas. Para professor, anularam apenas uma de Professor de  Matemática (46) e uma de professor de Geografia (32). Nesta semana sai o resultado de quem passou. Veja as respostas:

RESPOSTAS DOS RECURSOS DAS PROVAS OBJETIVAS


Seduc divulga inscrições indeferidas para seleção de professor temporário

A Seduc publicou na tarde desta segunda-feira (02/05) a relação de candidatos que tiveram suas inscrições indeferidas na Seleção de Professor Temporário do Estado.

Quem quiser recorrer, tem até esta terça-feira (03/05) para recorrer, exclusivamente por internet.



Aniversário de Croatá 28 anos: programação do último dia de festa


Nestes dois últimos dias de festa não foram registrados assaltos ou qualquer conduta não republicana nos festejos de Croatá. 

A única coisa que o pessoal reclamou, foi que divulgaram que seria permitido paredões de som e foi mentira. Só pode som na Praça de Eventos, fato este que frustou diversos brincantes de Guaraciaba e outros lugares que trouxeram seus paredões na esperança de poder ligá-los em  Croatá.

Deputado do clã Ferreira Gomes quer ajudar prefeito de Eunício

Com fama de pouco confiável, Osmar Baquit avança na contramão ao aliar-se a Eunicio Oliveira para eleger o prefeito de Quixadá. Cid Gomes não admite ambivalências  no seu grupo, muito menos para engordar adversários.
Expulso Baquit terá de escolher entre permanecer no secretariado ou retornar a Assembléia Legislativa expulso do grupo Ferreira Gomes. Zezinho Albuquerque já foi avisado. Toda e qualquer manifestação de traição às diretrizes do clã, será rechaçada sem dó ou piedade.

"Se eu estiver na Lava Jato, Teori é corno e Moro, picareta", diz Cid

O ex-ministro e ex-governador do Ceará Cid Gomes (PDT) afirmou que, se o nome dele surgir entre os investigados da Operação Lava Jato, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Teori Zavascki, é “corno” e o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, é “ladrão”.

As declarações foram dadas durante a comemoração do aniversário de Gomes na cidade de Sobral, no Ceará, e gravadas por um dos convidados. Hoje no PDT, o ex-governador dissertava sobre a certeza de que ele não tem qualquer relação com o esquema de corrupção da Petrobras.
“Por ter minha consciência tranquila,[...] sou capaz de falar mal do ministro Teori Zavascki. Eu digo: ‘ministro, o senhor é corno, se eu tiver nessa operação[...] Veja bem, eu tenho tanta segurança de que não estou nisso que, se estiver, o ministro Teori é corno[...], o Janot é ladrão, e o (juiz Sergio) Moro é um picareta”, disse. (O Povo)

Em abril, chuvas ficaram 42,3% abaixo da média histórica no Ceará

O Ceará fechou o mês de abril com chuvas abaixo da média histórica, de acordo com dados da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme). Em todo o Estado, o órgão registrou 108,5 mm de precipitação, quando o esperado era de 188 mm. Os números indicam volume 42,3% menor do que a média.
 Os dados gerais do Estado contabilizam as chuvas de todo o mês de abril. Mas, ao informar dados por macrorregiões, a Funceme divulgava até ontem dados até o último dia 25. 

Dilma anuncia "bondades" e se contrapõe a Temer em atos de 1º de maio

Na semana em que a Comissão do Impeachment do Senado votará relatório sobre sua saída do cargo, a presidente Dilma Rousseff (PT) aproveitou atos de 1º maio para anunciar um “pacote de bondades” que será colocado em prática pelo governo. Entre as medidas, está um reajuste de 9% no Bolsa Família e correção de até 5% na tabela do imposto de renda do próximo ano.

O Presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ) disse que é uma irresponsabilidade da Presidenta. "Dilma quebrou o país e agora quer aumentar o buraco" disse Cunha.

domingo, 1 de maio de 2016

Professores Estaduais de Ipu entram em greve


Os professores das escolas estaduais de Ipu, Serra da Ibiapaba, jurisdição do CREDE 05 de Tianguá aderiram a greve em reunião da representação do Sindicato Apeoc na manhã desta quinta-feira (28/04). Como o Estado  não se pronunciou em nada sobre reajuste, veio esta atitude no Ceará.



Até onde o blog sabe, em Ipueiras não houve adesão, nem  em Matriz  na Serra, nem em Croatá. Guaraciaba até agora também não. 


Esta greve aos olhos deste Pedagogo não trará muitos benefícios não. Isto porque, o Estado já alardeia que o gasto com funcionalismo já está no limite prudencial (46%) ou seja, já passou do limite alerta da Lei de Responsabilidade Fiscal faz tempo, que é de 44,10%. E com a crise as transferências vêm sofrendo cortes, principalmente do FPE.

Fotos: Ipu Notícias

O blog fala assim porque a folha da educação tanto nas prefeituras como nos Estados é responsável por grande parte do limite imposto pela Lei de Responsabilidade Fiscal no que se refere ao limite máximo de gastos com pessoal, tanto que existe uma pressão por parte da CNM para que o Congresso mude a legislação. Isso tem inviabilizado a máquina pública em todo o país.

O blog vai dar um exemplo: Vamos imaginar que o Município BebelCity em 2015 tenha entre transferências e arrecadação somado 20 milhões. Levando em conta o gasto de 69% do Fundeb com pessoal do Magistério, somou-se 8 milhões anuais (toda prefeitura hoje gasta bem mais que 60% com magistério). Como o limite da Lei de Responsabilidade Fiscal é de 54% para prefeituras, somente podem ser gastos dos 20 milhões, 10 milhões e 800 mil. 

Ou seja, sobrou apenas 2 milhões e 800 mil para as demais secretarias, o que inviabiliza a administração. Aí o professor diz: mas o Fundeb  é específico. Sim, é, mas a conta da LRF leva em conta o conjunto todo e não, apenas uma parte como muitos pensam.



Dilma Rousseff vai anunciar reajuste de 5% na tabela do IRPF e 9,5% no Bolsa Família

Dilma realmente perdeu o juízo, está destrambelhada. Resolveu dar um aumento no Bolsa Família de 9,5%, mesmo contrariando a área técnica do Tesouro, visto que o Secretário Otávio Ladeira afirmou não ser possível do ponto de vista fiscal, o que ensejará um rombo em mais de um bilhão de reais.

Dilma com isso quer sair com uma imagem de boazinha, visto que o vice Michel Temer pretende reduzir o benefício apenas para os 5%  mais pobres. O que se percebe é que ela está igual aos prefeitos de cidades pequenas quando perde uma eleição para o adversário: saqueia a prefeitura, deixa-a endividada só para o mal do sucessor.

Dilma esquece que neste ponto de vista ela entra na história como vilã e não, como vítima como vem apregoando. Já no reajuste do Imposto de Renda, o Ministro Barbosa disse que pode compensar a despesa através de maior cruzamento de dados contra pessoa jurídica, ou seja, perde aqui mas ganha ali, embora ser necessário aprovação pelo Congresso Nacional.

O reajuste do Bolsa Família já valerá para junho deste ano. Dilma pretende assim deixar o vice em má situação (e o Brasil). Já o reajuste no imposto de renda só valerá para 2017.

Após queixas, MEC prorroga simulado do Enem até as 20h deste domingo

O MEC resolveu prorrogar o prazo do simulado do Enem para até 8 da noite deste domingo (01/05). O motivo foi o fato de muitos estudantes reclamarem da impossibilidade de acessar o site.

Neste sábado era inicialmente o último dia, as 8 da noite e apenas 150 mil estudantes tinham conseguido realizar o simulado. O aluno tem 4 horas para concluir as 80 questões disponíveis. O resultado e o gabarito são disponibilizados no final  da prova.

Obcecada pelo ‘golpe’, Dilma não gere o Estado

Desde que iniciou o seu segundo mandato, Dilma Rousseff persegue dois objetivos estratégicos: não cair e manter acesa a ilusão de que preside. Fracassou. Sua queda está programada para daqui a dez dias. E a simbologia do poder escorre na direção do gabinete do vice-presidente Michel Temer. Acéfalo, o governo do PT virou uma espécie de latifúndio improdutivo que o PMDB ocupa.
A caminho do cadafalso montado no plenário do Senado, Dilma anda tão ocupada em compor o enredo do “golpe” que já não lhe sobra tempo para presidir o Estado. Sua agenda está 100% dedicada ao esforço para grudar nos partidários do impeachment a pecha de “golpistas”. Ironicamente, a maioria dos usurpadores é composta de silvérios que Dilma chamava de “aliados” até ontem.
Convertido em advogado de Dilma em tempo integral, o ministro José Eduardo Cardozo (Advogacia-Geral da União) ecoou o discurso de sua chefe na comissão de impeachment do Senado. Irônico, o senador Cristovam Buarque (PPS-DF) disse que Cardozo não deveria falar em “golpe”. Sob pena de passar por ridículo, já que os golpistas estavam ali, de cara limpa, para testemunhar o exercício do direito de defesa da presidente, num processo regulado pelo STF. Tudo transmitido ao vivo pela tevê. (Josias de Souza)